Rastreio do cancro da pele

cancro pele

Em Portugal surgem anualmente cerca de 100.000 novos casos de cancro cutâneo dos quais cerca de 1.000 são Melanoma. Este, é um dos cancros mais maligno e letal, quando não diagnosticado precocemente.

Cerca de metade dos casos surge abaixo dos 40 anos sendo fatal em 20% dos doentes.

O Rastreio e Diagnóstico do cancro da pele precoce são a forma mais eficaz de luta contra estes cancros.

Cada vez é mais importante a observação contínua dos sinais (nevos).

O Rastreio consiste na observação da totalidade da pele e deve ser efectuado por Dermatologistas experientes.

Os Especialistas da Derma-Hightech, Clínica Dermatologia Dr. Fernando Ribas recorrem a meios auxiliares de diagnóstico como a Dermoscopia, Dermatoscopia óptica e a Dermatoscopia Digital Computorizada.

É possível detectar microscopicamente as mais pequenas alterações dos sinais, ainda numa fase pré cancerosa e também comparar a evolução da pele e dos nevos (sinais).

A maioria dos Especialistas da Derma-Hightech, Clínica de Dermatologia Dr. Fernando Ribas, exerce ou exerceram funções em Centros e Institutos de Oncologia Nacionais e Internacionais.

cancro pele

Algumas características de alerta nos seus sinais que obrigam à procura de observação especializada:

  • Assimetria
  • Bordo (irregular, mal-definido)
  • Cor (escurecimento, perda de cor, múltiplas cores – como azul, vermelho, branco, violáceo, cinzento)
  • Diâmetro superior a 6mm
  • Evolução (elevação e mudança da lesão)

MELANOMA – GRUPOS E FACTORES DE RISCO

Alguns indivíduos têm risco maior do que outros:

  • Indivíduos de pele clara, sardenta, ruivos e loiros
  • Indivíduos com muitos nevos (sinais)
  • Exposição prolongada e irregular ao sol, em especial na infância ou adolescência
  • História de queimaduras solares
  • História pessoal de melanoma
  • História familiar de melanoma

Marque a sua consulta de rastreio do cancro de Pele